terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Médicos do Hospital Regional Público da Transamazônica paralisam atividades por falta de pagamento

Por Joabe Reis
Com paralisação de médicos no HRPT atendimentos a pacientes de Uruará e mais 8 municípios ficam prejudicados
Os médicos que atendem no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT) em Altamira decidiram paralisar suas atividades a partir desta segunda-feira, 21 de janeiro, devido a atrasos no pagamento de salários. A informação consta no documento assinado pelos profissionais da medicina datado de 15 de janeiro deste ano. No documento o corpo clínico do HRPT diz que iniciaram os trabalhos no mês de janeiro com os seus honorários em atraso e até a data de lavratura do documento os médicos ainda não haviam recebido os salários do mês de novembro de 2018, o que segundo o corpo clínico do HRPT a situação se tornou insustentável e levou os médicos a paralisarem suas atividades.
O Hospital Regional atende a demanda de 9 municípios que fazem parte da Região de Integração do Xingu: Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará, Vitória do Xingu.
As reivindicações do corpo clínico foram que a direção geral do HRPT forneça por escrito esclarecimentos quanto ao não pagamento dos salários; solicitam em um prazo de 24 horas após o recebimento do comunicado que a direção efetue o pagamento do salário referente ao mês de novembro.
O pagamento não foi efetuado e os médicos suspenderam os atendimentos de consultas ambulatoriais, cirurgias eletivas, exames de imagem ambulatoriais e todo e qualquer procedimento eletivo, até que a situação de atraso e imprevisibilidade de recebimento de honorários sejam sanadas. Os serviços de Urgência, emergência e Terapia Intensiva serão mantidos em sua integralidade, informa o documento.
Segundo a pró-saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, gestora do Hospital Regional Público da Transamazônica, os repasses de custeio referente ao mês de dezembro de 2018 que deveriam ter ocorrido no dia 20 do referido mês e o repasse de janeiro de 2019 que deveria ter ocorrido também no dia 20, não aconteceram e que por este motivo os médicos ainda não receberam seus salários.
Ainda segundo a Pró-Saúde a Sespa já foi oficiada para que providencie o repasse do custeio que está em atraso a fim de regularizar o pagamento.
A Sespa disse que o pagamento atrasou por causa do período de transição de governo, e que repassou à Pró-Saúde R$ 5,3 milhões para sanar a dívida.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Atendimento oftalmológico em Uruará com Dr. João Neto do dia 4 a 7 de fevereiro

Atenção! O médico oftalmologista, Dr. João Neto, estará atendendo em Uruará, nos dias 04, 05, 06 e 07 de fevereiro de 2019 na Clínica de Olhos Dr. João Neto. No dia 07 de fevereiro o Dr. João Neto estará realizando cirurgias de catarata na Clínica Dr. João Neto, Avenida Perimetral Norte, ao lado da Nossa Ótica, centro de Uruará. Não perca tempo e marque agora a sua consulta! Vá a Nossa Ótica, na Perimetral Norte ou Ligue 093 992142840 e fale com a Vanderléia.
No dia 09 de janeiro de 2019 o Dr. João Neto realizou 22 cirurgias de catarata na cidade de Uruará e efetuou mais de 100 atendimentos com consultas nos dias 06, 07, 08 e 10.

Uruará: Briga entre jovens dentro de boate termina em lesão corporal

Por Joabe Reis
Jovem leva corte no rosto durante briga em boate da cidade de Uruará
Durante uma festa que estava sendo promovida na boate do centro da cidade de Uruará, no sábado, 19, duas mulheres jovens iniciaram uma briga com agressões físicas, quando uma das envolvidas na desavença levou um corte na face esquerda e no braço, ferimentos causados por pedaço de vidro do tipo garrafa quebrada. O caso foi registrado em boletim de ocorrência.
Segundo relatos da jovem ferida, a mesma estava na boate se divertindo com amigos quando a agressora passou a provoca-la, foi iniciada uma discussão acalorada e posteriormente a agressora quebrou uma garrafa de bebida e golpeou a vítima no rosto e no braço. A jovem de 23 anos foi socorrida e levada para o hospital municipal e passa bem. A agressora se evadiu da festa e não foi encontrada.

Uruará: Filho de cliente ateia fogo no carro do pai e motel acaba incendiado

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil
Motel na cidade de Uruará é destruído por fogo
Um motel da entrada leste da cidade de Uruará, sudoeste do Pará, foi consumido pelo fogo na noite deste domingo. O incêndio foi criminoso e teve início por volta das 23 horas deste domingo, 20 de janeiro, num carro tipo caminhonete que estava estacionado na garagem do motel. Ninguém ficou ferido.
Segundo informações da Polícia Civil, o filho do dono do carro incendiado viu o pai entrar com uma mulher no motel e também entrou no local incendiando o carro em seguida. O fogo se alastrou rapidamente pelo prédio que ficou destruído por dentro. Ainda segundo a polícia, a mãe do incendiário estaria acamada em hospital tratando de doença grave. O autor do incêndio está foragido.
A polícia ainda não divulgou os nomes dos envolvidos e o caso segue em apuração.

sábado, 19 de janeiro de 2019

Uruará: Polícia apura circunstâncias de acidente que matou jovem agrônomo numa fazenda do km 140 norte

Por Joabe Reis
Agrônomo morre em acidente de motocicleta quando trabalhava numa fazenda do km 140 norte
As circunstâncias da morte do jovem, Danilo Rodrigues Lopes, 27 anos, está sendo apurada pela Polícia Civil do município de Uruará, sudoeste do Pará. Segundo informações de populares, o jovem foi a óbito ao sofrer um acidente numa fazenda do travessão km 140 norte, zona rural de Uruará, a 55 km do centro urbano. O mesmo estava trabalhando quando caiu numa ladeira no momento em que tentava passar pelo local de motocicleta. A fatalidade ocorreu por volta das 16h de sexta-feira, 18 de janeiro, na fazenda Rio Uruará, onde Danilo atuava como agrônomo.
Após o acidente o corpo de Danilo foi removido para o necrotério do Hospital Municipal e posterior ao exame cadavérico teve a liberação para os procedimentos fúnebres, sendo trasladado para Belém, capital do estado, de lá seguiu para a cidade de Nova Timboteua onde acontecerá o sepultamento que deve acontecer nessa segunda-feira, 21 de janeiro, segundo informou a esposa Franciely Rodrigues, com quem Danilo vivia numa união estável.
A Polícia Civil informou que será realizada algumas oitivas de testemunhas neste sábado, 19.

Nossas condolências à familiares e amigos da vítima.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Uruará: Assaltantes fazem 8 pessoas reféns por cerca de 1 hora durante assalto a residência

Por Joabe Reis
Veículo roubado no assalto
Trio armado assalta residência no Bairro Vila Brasil 
Por volta das 21h e 30 minutos desta segunda-feira, 14 de janeiro, três indivíduos armados com escopeta calibre12, revólver calibre 38 e revólver calibre 32, entraram numa residência do Bairro Vila Brasil, zona norte da cidade de Uruará, sudoeste do Pará, para assaltarem o local aproveitando o momento em que o portão estava parcialmente aberto. Com movimentos rápidos o trio chegou ordenando que todos da casa se deitassem no chão. O caso foi registrado em Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia de Polícia Civil (Depol) do município. De acordo com os relatos registrados na Depol, no momento da ingressão criminosa oito pessoas estavam na casa, sendo 7 adultos e 1 criança de 4 anos de idade. Os três elementos usavam camisa amarrada na cabeça para esconder o rosto e todo o tempo ameaçavam de morte o dono da casa e um amigo, chegando a colocar o revólver engatilhado na cabeça do proprietário da residência, também perguntavam por dinheiro e joias.
A ação durou cerca de 1 hora, durante o assalto os bandidos fecharam o portão da residência e tomaram a cerveja que havia na geladeira. 
No assalto os ladrões roubaram 1 carro Saveiro Cross cabine dupla ano 2015 na cor branca, placa QDW2462, uma Broz 160 ano 2018 na cor branca, chassi final JR001118, 7 celulares sendo 1 Iphone X na cor preta, uma pulseira de ouro de 65g, 1 cordão de ouro de 57.7g, 1 cordão de ouro de 13g, 1 cordão de ouro de 9g, 1 cordão de ouro de 2g e 1 cordão de ouro de 1,5g, um anel de ouro de 10g e 1 TV de 49 polegadas. Os invasores levaram ainda a CPU das câmeras de segurança, 1 bolsa, duas calças e o valor de R$1.500,00 em dinheiro.
Os indivíduos têm estaturas medianas e após fazerem o limpa na casa prenderam as 8 pessoas dentro do banheiro. Após notarem a ausência dos assaltantes as vítimas só conseguiram sair do quarto de banho porque tinham a chave da porta.
O proprietário da casa assaltada trabalha em garimpo como gerente e operador de máquinas.
Na fuga o trio deixou abandonada uma moto titan preta no terreno ao lado da residência invadida. A motocicleta está recolhida no pátio da delegacia de polícia. Os meliantes fugiram tomando rumo ignorado.
A Polícia Civil investiga o caso.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Uruará: Com tiro no rosto menina de 13 anos é transferida de helicóptero para o Hospital Regional em Altamira

Por Joabe Reis
Menina de 13 anos tem rosto ferido por disparo de espingarda na zona rural de Uruará
Na tarde desta sexta-feira, 11 de janeiro, deu entrada no Hospital Municipal de Uruará (HMU), no sudoeste do Pará, uma adolescente de 13 anos apresentando ferimento no rosto causado por disparo de arma de fogo do tipo espingarda (encontrada próxima à adolescente). A menor recebeu atendimento médico e foi entubada apresentado o quadro grave sendo necessária a sua transferência para o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira. Para a realização do traslado a Secretaria Municipal de Saúde solicitou uma aeronave do Grupamento Aéreo do Estado. 
Após o resgate o helicóptero Guardião 02, sob o comando do Tenente Coronel Zell, decolou  às 17 horas e 35 minutos levando a paciente
Maria Cecília da Paz Amorim, 13 anos, que durante o trajeto teve o acompanhamento médico do HMU, dr. Tadeu e da enfermeira Keila. Segundo informou o hospital municipal, a paciente apresenta quadro estável.
Sobre o fato ocorrido do disparo que atingiu o rosto da menor a Polícia Civil (PC) informou que a adolescente, Maria Cecília da Paz Amorim, 13 anos, foi encontrada por volta das 12h desta sexta-feira, 11, no interior de uma residência rural na vicinal km 175 sul, a 27 km do centro urbano de Uruará, com ferimento de disparo de arma de fogo do tipo espingarda. O disparo atingiu o lado direito do rosto. Ainda segundo a polícia, não se tem esclarecido o que de fato aconteceu. De acordo conta uma familiar da jovem, o pai e a madrasta estavam trabalhando na roça e quando retornaram para almoçar encontraram Maria Cecília ferida e ensanguentada, posteriormente a mesma foi encaminhada para o Hospital Municipal de Uruará de onde seguiu numa aeronave com destino ao HRPT.
O pai e a madrasta da adolescente foram levados em um carro da saúde também para a cidade de Altamira onde acompanharão os procedimentos médicos cujos a paciente Maria Cecília será submetida.
O caso está sendo apurado pela equipe de plantão da Policia Civil (EPC Ivan, IPC Michel, IPC Eládio e DPC Gabriel).

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Uruará: Criminosos promovem destruição em usina de asfalto

Por Joabe Reis
Foto: Jhonatan Luz
Foi registrado na manhã desta quinta-feira, 10 de janeiro, na Delegacia de Polícia Civil o caso de vandalismo ocorrido na fábrica de asfalto da ConstruTec na cidade de Uruará, sudoeste do Pará. A empresa presta serviço para a prefeitura municipal e já havia trabalhado na obra que asfaltou a Avenida Bernardo Sayão, no centro da cidade, no mês de dezembro de 2018. 
Um grupo de pessoas ainda não identificadas que pela atitude aparenta ser contrário ao desenvolvimento do município, promoveu uma destruição na fábrica e furtou uma bateria do local. Segundo o Boletim de Ocorrência, os vândalos furaram os dois pneus traseiros da bobcat, quebraram os bicos de encher, quebraram os conectores da bateria, abriram o compartimento de diesel, quebraram o vidro da cabine da usina e despejaram diesel por toda a parte.
O ato criminoso de destruição de patrimônio privado ocorreu na noite de terça-feira, 08 de janeiro, entre às 18h e 20:30h, e deve prejudicar as obras de pavimentação asfáltica realizadas pela prefeitura municipal.
A polícia irá investigar o caso a fim de identificar e punir os criminosos.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Uruará: Correios volta a funcionar sem serviço bancário após sofrer furto com arrombamento

Por Joabe Reis
Correios volta a funcionar em Uruará sem serviços bancários depois de dois dias fechado devido a roubo
A agência dos Correios do município de Uruará, sudoeste do Pará, abriu para atendimento ao público nesta quarta-feira, 09 de janeiro, depois de passar dois dias fechada em decorrência do roubo acontrcido na madrugada da segunda-feira, 07, quando a agência teve a porta da frente arrombada assim como o cofre também.
Segundo informações da gerência, o Correios reabriu para atendimento, mas sem os serviços bancários. Está atendendo apenas com serviços de correios, como postagens, emissão de CPF e consulta ao Serasa. O serviço de entrega também já está normalizado. Ainda segundo a gerência, não há previsão de retorno do serviço bancário.
Os Correios são correspondentes bancário do Banco do Brasil.
Agentes da polícia federal estiveram na agência juntamente com equipe técnica pericial para fazer levantamento de dados investigativos a fim de apurar os fatos e a autoria do furto. Ainda não foi divulgado o resultado das investigações.
Sobre o furto
Os criminosos arrombaram a porta da frente para ingressar na agência após desligarem o padrão de energia do local. Segundo o relatado no Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Delegacia de Polícia Civil, a porta da agência foi encontrada arrombada pela manhã quando funcionários chegaram para trabalhar. Pelo menos 2 indivíduos praticaram o furto. A porta da tesouraria também foi aberta a força e o cofre havia sido jogado ao chão e apresentava sinais de arrombamento. O porta chaves da agência que normalmente fica fechado, também estava aberto. A quantia levada pelos ladrões não foi divulgada.

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Uruará: Agricultor é agredido durante assalto ao tentar ajudar indivíduos parados na beira da estrada

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil

Um crime de assalto, com emprego de arma branca do tipo faca e arma de fogo, foi registrado nesta terça-feira, 08 de janeiro, na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Uruará, sudoeste do Pará. O assalto ocorreu também nesta terça-feira. A vítima é agricultor e mora na vicinal do km 180 sul, zona rural do município. O agricultou caiu na armadilha de dois criminosos que pediam ajuda parados na margem da estrada vicinal. Ao tentar ajudar a vítima foi surpreendida quando foi anunciado o assalto.
De acordo com os fatos relatados para a polícia, o agricultor chegou a sofrer agressões por dizer que não tinha celular, um dos assaltantes tentou atirar por duas vezes contra ele, mas a arma não disparou. O outro criminoso, então, desferiu alguns golpes contra a vítima que furou a camisa e atingiu ferindo o braço do trabalhador. Na ação os criminosos roubaram o valor de R$1.500,00 em dinheiro, após concluir o crime a dupla fugiu tomando rumo ignorado.
Os maus elementos, sendo um indivíduo magro e branco de 1,60m de altura e o outro sendo magro e moreno, estavam numa moto pop na cor preta.
A polícia investiga o caso.