Espaço Natura Joabe Reis

Espaço Natura Joabe Reis
Click na imagem e Compre Produtos Natura acessando o site http://rede.natura.net/espaco/joabereis produtos Natura, como perfumes, com até 60% de desconto em relação a revista.

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Uruará: Polícia Civil cumpre mandado de prisão de jovem com extensa ficha criminal

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil
Com 20 passagens na polícia Madson volta a ser preso em Uruará
A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira, 20, a prisão de um indivíduo contumaz na prática de assalto e furto no município de Uruará. Segundo a polícia informou, Madson Lima dos Santos, foi preso na terça-feira, 17, durante cumprimento de mandado prisão preventiva. A prisão foi efetuada pela equipe de plantão, com atuação direta da Investigadora Aline, Escrivão Leandro e Delegado Gabriel Silveira. 
De acordo com informações policiais, a prisão ocorreu no momento em que a policial civil Aline retornava de uma audiência de Custódia e avistou em via pública o indivíduo Madson contra o qual constava um mandado de prisão pelos crimes de assalto a mão armada e furto. O indivíduo era procurado pela polícia.
Após efetuar a prisão do suspeito a IPC conduziu o mesmo para a Delegacia de Polícia Civil, onde permanece recolhido a disposição da justiça. 
O delegado Gabriel Silveira conversou com a nossa reportagem e detalhou sobre a prisão. "Esse Madson constantemente praticava crimes contra o patrimônio aqui na cidade, acabava sendo preso em flagrante, mas era liberado e nunca ficava preso por muito tempo. Então a equipe de polícia civil de Uruará fez um trabalho de colher todas as informações sobre todos os casos contra ele, reunimos tudo e pegamos o inquérito que estava aberto contra ele e fizemos a representação pela prisão preventiva do mesmo. O Ministério Público concordou e o poder judiciário decretou a prisão preventiva. Eentão até a ordem judiciária contrária ele irá permanecer preso e se depender de nós ficará fora de circulação por muito tempo", asseverou a autoridade policial. 
Ainda segundo informou o delegado, Madson já tem 20 passagens na polícia em casos de crimes cometidos no município.

Obs: imagens do preso não foram divulgadas

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Uruará: Manifestantes tem prazo de 24 horas para desocupar prédio público de modo voluntário

Por Joabe Reis
Justiça determina que manifestantes desocupem prédio da Secretaria de Viação e Obras
Em decisão liminar na tarde desta terça-feira, 17, o juiz de direito da Vara Única da Comarca de Uruará, Juliano Dantas Jerônimo, deferiu pela reintegração de posse ao município em caso da ocupação do prédio da Secretaria de Viação e Obras que foi tomado na manhã de segunda-feira, 16, por manifestantes que seriam moradores do travessão do km 155 norte. Em seu despacho o meritíssimo diz que o manifesto prejudica a população em geral, uma vez que os servidores e os demais colaboradores da Prefeitura Municipal de Uruará estão impedidos de trabalhar e a população está impedida de ter acesso aos serviços não só da secretaria de Viação e Obras, bem assim de outras pastas, posto que veículos diversos pertencentes ao município estão aquartelados no local. O juiz deferiu o pedido de reintegração de posse em caráter liminar e concedeu prazo de 24 horas para a desocupação voluntária do prédio.  
O grupo ocupou o prédio da secretaria exigindo providências imediatas acerca da abertura e recuperação do ramal dos 2,5 e recuperação da vicinal do km 155 norte. Segundo informações, o local estaria em litígio na justiça, o que impediria a realização dos trabalhos exigidos.
Sobre o caso a Prefeitura Municipal de Uruará (PMU) divulgou nota ainda na noite de ontem (17) que diz: A Prefeitura Municipal de Uruará reconhece a necessidade e se solidariza com os agricultores. Mas, lembra que a manutenção das estradas vicinais é responsabilidade do Governo Federal (INCRA), no entanto, o Município compreende a importância das mesmas, e atende essa demanda! E que apesar de estar mantendo diversas frentes na zona rural, entende que muitos travessões estão danificados pelas fortes chuvas ocorridas no final de 2017 e neste ano de 2018 e pela falta de manutenção nos anos anteriores.
O município tem quase 5 mil quilômetros de estradas vicinais e ramais, e, por isso, a SEVO (Secretaria de Viação e Obras) pede a compreensão dos agricultores e agricultoras para que possa, dentro das suas limitações de máquinas, equipamentos e pessoal, fazer a recuperação dos travessões dentro da programação pré-estabelecida!
Estamos sempre à disposição pra atender a população, em especial os agricultores, sempre com diálogo e de forma pacífica!
Porém, não admitiremos atitudes de desordem, ou de depredação do patrimônio público, ou que impeçam os trabalhos acontecerem e que possam prejudicar a maioria da população.
Os agricultores e a Zona rural são prioridades no Governo, nos colocamos à disposição para juntos pensarmos e construirmos a melhor forma de solucionar os problemas das comunidades, tanto da cidade, bem como da zona rural.
Pela decisão liminar, datada de 17/07/2018, os manifestantes devem desocupar o prédio da secretaria até o final da tarde de hoje (18).

Uruará: Jovem é esfaqueado por 2 vezes

Por Joabe Reis
Tentativa de homicídio é registrada na Delegacia de Polícia Civil em Uruará
Na noite desta terça-feira, 17, um jovem de 24 anos sofreu uma tentativa de homicídio no Bairro Progresso, zona leste da cidade de Uruará. A vítima estava num estabelecimento que comercializa bebida alcoólica quando foi esfaqueado por 2 vezes, no abdômen e nas costas. Fábio Gomes de Sousa chegou em casa por volta das 23 horas ensanguentado sendo socorrido pelo padrasto que o levou para o Hospital Municipal de Uruará onde recebeu atendimento médico e foi submetido a cirurgia. Segundo familiares o mesmo passa bem. A vítima mora no Bairro Progresso. 
O motivo que levou a ocorrência do esfaqueamento ainda é ignorado. 
O caso foi registrado na delegacia de Polícia. 

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Jovens pegos por assassinato de agricultor na zona rural de Placas estão a disposição da justiça de Uruará

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil de Rurópolis
Presos autores de homicídio no Assentamento PDS Avelino Ribeiro,zona rural de Placas
Uma operação integrada das policiais Civil e Militar dos municípios de Placas e Rurópolis, sudoeste do Pará, conseguiu prender dois indivíduos suspeitos de crime de homicídio ocorrido no Assentamento PDS Avelino Ribeiro, zona rural do município de Placas, que teve como vítima o assentado, José Domingo Nogueira Ramos, assassinado por disparo de arma de fogo.
Segundo informou a Polícia Civil, por volta das 22hs do dia 12 de julho de 2018, após uma discussão entre 3 indivíduos, um deles pegou uma espingarda e efetuou um disparo contra o nacional, José Domingo Nogueira Ramos, o qual não resistiu ao ferimento indo a óbito no local. De acordo com as investigações a arma de fogo utilizada era da própria vítima. Os suspeitos da autoria do crime foram identificados como sendo o adolescente das iniciais, J.R.M.S. de 17 anos, enteado da vítima e o nacional, Wemerson Galdino dos Santos, 18 anos, vulgo “GUAXO”, este acolhido pelo morto por estar desabrigado. Os 3 moravam sob o mesmo teto.
Suspeito da autoria do disparo fatal
Diante das informações colhidas, imediatamente, Policiais Civis de Placas, sob o comando do Delegado Bruno Maciel Reis e Policiais Militares da 17ª CIPM, sob o comando do Capitão Marlos James Sena Rodrigues, realizaram buscas nas comunidades, posteriormente, após novas informações sigilosas obtidas e monitoradas pelo delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, titular da UIPP de Rurópolis, na tarde do dia 13 de julho os suspeitos foram capturados na Comunidade Ouro Verde, área limite entre os referidos municípios. Também foi encontrada e apreendida a arma do crime e mais uma espingarda.
A motivação do crime ainda é ignorada, mas de acordo com informações apuradas pela polícia, o fato se iniciou por questões familiares, envolvendo uma suposta relação amorosa entre o autor dos disparos (Wemerson dos Santos) e a vítima, acaloradas pela embriaguez das pessoas envolvidas.
Os suspeitos estão presos e a disposição da Justiça de Uruará, sendo que o autor dos disparos responderá por Homicídio Qualificado, posse ilegal de arma de fogo e Corrupção de menores.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Uruará: Fim do bloqueio, índios Xipaia e Arara liberam a Transamazônica, km 130

Por Joabe Reis
Acordo com Norte Energia põe fim ao bloqueio no km 130 da rodovia Transamazônica
Após reunião realizada no final da tarde desta quinta-feira, 05, entre lideranças indígenas das etnias Xipaia e Arara, Norte Energia, Funai e Casa de Governo, os índios encerraram o movimento que interditava a rodovia Transamazônica (BR-230) na altura do km 130, entre a cidade de Medicilândia e Uruará. A rodovia foi liberada na manhã desta sexta-feira, 06, após 5 dias de bloqueio.
Reunião
Segundo informaram as lideranças indígena, a Norte Energia cedeu as exigências indígenas e marcou uma reunião para a próxima terça-feira, 10, para entrar nas aldeias com finalidade de fazer levantamentos sobre a situação de pista de avião, estrada, interligação das aldeias, construção de casas e veículos. “A Casa de Governo vai acompanhar também a agilidade do asfaltamento da Transamazônica. Nos próximos 15 dias virá uma equipe de Brasília para fazer um levantamento junto conosco, os indígenas, e nós também apoiamos a questão do asfaltamento da Transamazônica (BR-230)”, informou o Caique Leo da etnia Xipaia.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

APRESENTAÇÃO DE NEGÓCIOS SCI - OFICIAL 2018

Interessados entrem em Contato comigo, Joabe Reis, pelo whats 93991872751, eu tiro as suas dúvidas e te ajudo a fazer o seu cadastro, e ainda ensino você a trabalhar e desenvolver o seu negócio SCI.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Uruará/Medicilândia: Transamazônica é interditada por índios que pedem apoio para o movimento

Por Joabe Reis
Índios bloqueiam rodovia Transamazônica em protesto que pede asfalto para a BR-230
Na tarde desta segunda-feira, 02, um grupo de indígenas Arara e Xipaia interditaram a rodovia Transamazônica – BR 230 – com extensa pauta e segundo informou o cacique Leo Xipaia, é reivindicado também o asfalto para a referida rodovia, e os índios pedem o apoio da população da região para o movimento indigenista.
O bloqueio foi realizado em frente a base da Terra Indígena Arara, na altura do km 130, entre a cidade de Medicilândia e cidade de Uruará.
Os índios utilizaram veículos do Dnit para fechar a estrada impedindo o tráfego no referido trecho.
Os índios pedem a presença do Dnit, Funai e Norte Energia.
Nós seguremos uma máquina do Dnit e fechamos a Transamazônica mais uma vez aqui na Terra Indígena Arara. 
Cacique Leo
Pedimos que todos possam apoiar o nosso movimento porque isto faz sentido para toda a região do médio Xingu. Quanto mais rápido atenderem o nosso pessoal, melhor. Nós pedimos que o Dnit, Funai e Norte Energia venham ver a nossa situação e também pedimos melhoria de asfalto para a Transamazônica, uma das vias mais usadas no sudoeste do Pará e até agora não foi dada nenhuma resposta e a gente está aqui aguardando”, disse o cacique Léo Xipaia.
O Cacique informou para a nossa reportagem que a BR está trancada e não passa ninguém. O bloqueio é por tempo indeterminado. 
Filas de carros já se formam nos dois lados do bloqueio na rodovia. A Polícia Militar esteve no local nesta terça-feira, 03. Os índios permanecem firmes exigindo o cumprimento de suas reivindicações expostas em documento que pode ser lido na foto anexada nessa matéria.

Estamos apurando mais informações.

sábado, 30 de junho de 2018

Comece agora a ganhar dinheiro com o seu consumo diário de alimentos

Contato para mais informações: Whats Joabe Reis 93 991872751
Sabia que você pode ganhar mais de 2 mil reais por mês em renda extra com sua alimentação básica? Fazendo SCI você pode.
Você não precisa vender nada e nem sair do seu trabalho. Você não precisa ter tempo para desenvolver esse negócio. É marketing multinível de arroz e feijão.
Também é uma ótima oportunidade para você que está desempregado. Na SCI além do consumo de alimento você também ganha dinheiro estudando, com educação de qualidade no EAD – Ensino a Distância.
O que Você terá que fazer é apenas consumir alimentos que você já consome no seu dia-a-dia, é muito simples. E você vai conversar com as pessoas com as quais você já conversa todos os dias.
Para quem ainda não conhece, a SCI é um supermercado que vende online e divide 80% dos lucros com os clientes, recompensando com bonificação em dinheiro os consumidores cadastrados que indicam novos clientes. Um Plano de Negócio Simples e acessível a todos.
Joabe Reis recebendo o kit em sua casa
Se te interessar me chama no whats 93991872751 que eu te falo da SCI. Eu, Joabe Reis, escritor e jornalista, já estou fazendo SCI há bastante tempo e estou muito satisfeito.
A sua LIBERDADE Financeira está ao alcance das suas mãos e bem perto de você. Você PODE, Você CONSEGUE, basta Você QUERER, ACREDITAR e FAZER.
Basta você se cadastrar através do site da SCI https://www.scipiracicaba.com.br e consumir 1 kit por mês, divulgar para os seus amigos e familiares, indicar 3 deles para fazer o mesmo que você e o seu negócio próprio já estará iniciado. 
Abaixo vou disponibilizar um vídeo de 6 minutos de duração onde é explicado o plano de negócio SCI.
 Caso você já conheça a empresa ou após ver o vídeo queira se cadastrar, acesse o site da SCI https://www.scipiracicaba.com.br/  click em cadastrar-se e use o ID 1401206 e confirme. Após fazer isto você concluirá o seu cadastro e já será um Consumidor Inteligente, não deixe de entrar em contato comigo pelo whats 93991872751 para que eu possa te passar algumas orientações imprescindíveis.
Desde já seja Bem Vindo (a) a Família SCI Vamos Juntos Alimentar o Brasil, pois unidos somos mais fortes!

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Uruará: Oftalmologista Dr. João Neto realiza cirurgias de catarata e pterígio na Clínica de Olhos

Por Joabe Reis
Dr. João Neto realizou 12 intervenções cirúrgicas de catarata e pterígio em Uruará
Nesta quinta-feira, 28, o médico oftalmologista, Dr. João Neto realizou 12 intervenções cirúrgicas de catarata e pterígio na cidade de Uruará, no sudoeste do Pará. O médico oftalmologista atendeu os pacientes na Clínica de Olhos Dr. João Neto, filial de Uruará. Foram 3 dias de atendimentos, com dois dias de consultas e 1 dia de cirurgias.
Nesta sexta-feira, 29, os 12 pacientes que passaram pela intervenção cirúrgica voltaram a ser atendidos pelo Dr. João Neto para uma revisão e constatação de reação dos pacientes ao procedimento e todos apresentavam excelentes condições, e o mais esperado, estavam enxergando.
Um dos pacientes operados de catarata foi o ex vice prefeito do município de Uruará, Sérgio Karpinski, 70 anos. 
Dr. João Neto e paciente Sérgio Karpinski
"Doutor João Neto para nós aqui de Uruará é uma benção divina. É gente da nossa terra, é daqui. O Doutor João se sobressaiu e é um orgulho aqui para nós de Uruará ter um médico igual a ele, eu recomendo a todos que precisarem dos cuidados de um oftalmologista e de fazerem cirurgia. Esta foi a minha segunda cirurgia, havia feito uma há 2 anos e agora fiz a outra e estou me sentindo muito bem, minha visão agora está 100%", frisou o ex-prefeito.
Outro paciente que também deu depoimento positivo sobre o trabalho do oftalmologista foi o morador do travessão km 190 sul, zona rural de Uruará, Manoel Moreira, 61 anos.
Dr. João Neto e Paciente Manoel
"Para mim a cirurgia foi muito bom, uma benção. Eu que não estava enxergando mais já estou enxergando novamente. O Dr. João Neto tem que ficar em Uruará sempre. Quando alguém passar por algum problema de visão eu recomendo que procure atendimento com o Doutor João Neto, pois será muito bem atendido e o resultado será maravilhoso", disse o agricultor.
Todos os meses o oftalmologista Dr. João Neto, médico experiente, atende na Clínica de Olhos Dr. João Neto em Uruará e o mesmo estará de volta nos dias 31 de julho, 1 e 2 de agosto. Para agendar consulta é só ligar (93)992142840 e falar com a Vanderleya. No dia 2 o oftalmologista realizará cirurgias de Catarata, Pterígio e Carne Crescida, sempre utilizando equipamento com tecnologia de última geração.