Espaço Natura Joabe Reis

Espaço Natura Joabe Reis
Click na imagem e Compre Produtos Natura acessando o site http://rede.natura.net/espaco/joabereis produtos Natura, como perfumes, com até 60% de desconto em relação a revista.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Polícia identifica corpo de homem encontrado no lixão da cidade de Uruará

Por Joabe Reis
Foto do RG: Fábio Alves de Souza
Papocamos a informação!

No início da noite desta sexta-feira, 29 de janeiro, a Polícia Civil conseguiu descobrir a identificação do homem de cujo corpo foi encontrado em estado de putrefação no lixão da cidade de Uruará, trata-se do nacional, Fábio Alves de Souza, 36 anos, natural do município de Teixeira de Freitas no estado da Bahia.
O corpo foi removido no final da tarde pelo Instituto Médico Legal (IML) de Altamira. O RG e um Celular foram encontrados no bolso da frente do short que o homem usava, que foi possível encontrar no momento em que os peritos do IML faziam a remoção do corpo, já que o mesmo estava de bruços.O laudo pericial deve sair em 30 dias.

O Caso - Um corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado no início da tarde desta sexta-feira, 29 de janeiro, por uma mulher que estava aprendendo a andar de motocicleta com o filho nas proximidades do lixão da cidade de Uruará, no travessão do km 180 norte, a 10 km do centro urbano. Por volta das 13 horas a mulher procurou a Delegacia de Polícia Civil do município para informar que estava aprendendo a andar de moto na companhia do filho quando olhou para o lado e percebeu uma concentração maior de urubus, ao chegar mais perto pode ver que parecia um corpo humano. A equipe de plantão da Polícia Civil, investigador Sílvio, investigador Célio, sob o comando do delegado Walison Damasceno, foi até ao local e constatou que se tratava de um corpo de um homem vestido com short e camisa na cor vermelha. Imediatamente o delegado Walison acionou o Instituto Médico Legal (IML) do Centro de Perícia Científica Renato Chaves em Altamira para fazer a remoção do corpo. Será instaurado um inquérito policial para apurar a autoria do crime. Não se sabe se o corpo foi jogado (desovado) no local ou se o homicídio foi cometido ali mesmo no lixão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário