quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Polícia Civil de Uruará apreende caminhonete com indícios de clonagem

Por Joabe Reis
Caminhonete irregular que circulava pelo trânsito da cidade de Uruará foi parar na Delegacia após ser apreendida, dono poderá ser indiciado
Papocamos a informação!

Mais uma caminhonete é apreendida no município de Uruará por apresentar irregularidade. A apreensão ocorreu nesta quarta-feira, 10 de fevereiro, em abordagem policial no trânsito da cidade. Os investigadores de Polícia Civil Célio Salvador e Sílvio Alex identificaram o veículo que tinha suspeita de ser um possível clone ou dublê. Os policiais abordaram o veículo que circulava pelo trânsito da cidade e conduziram a caminhonete e o proprietário para a Delegacia de Polícia Civil onde foram apresentados ao delegado Walison Damasceno. “Há fortes indícios que esse veículo é dublê”, disse a autoridade policial.
Os investigadores conseguiram entrar em contato com a proprietária do veículo original que reside em Belém, capital do estado, e tem um veículo semelhante com a mesma placa encontrada no veículo apreendido. “Fizemos a oitiva da pessoa que estava no veículo, vamos instaurar o inquérito policial, vamos enviar o veículo para a perícia para confirmar ou não se há realmente essa adulteração. E vamos instaurar o inquérito para apurar a receptação, adulteração de sinal identificador e o uso de documento falso”, afirmou o delegado.
A caminhonete hilux ano 2009 está recolhida no pátio da Delegacia de Polícia Civil de Uruará. “O homem que estava com o veículo apresentou documento que tem características semelhantes ao original, no entanto como o chassi tem suspeita de adulteração esse documento provavelmente será falso, o que poderá ser confirmado, e assim o homem que estava com o veículo poderá ser indiciado por vários crimes como adulteração de sinal identificador, uso de documento falso e receptação”, concluiu Walison Damasceno.
Segundo o dono do carro apreendido contou à polícia, o veículo teria sido adquirido de um homem vindo do estado Maranhão e a caminhonete não estava no nome do vendedor.

Ainda do Plantão Policial no Carnaval


Nesta terça-feira, 09 de fevereiro, a Polícia Militar apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Uruará um homem preso durante abordagem policial, o mesmo estava portando uma pistola com 8 munições intactas. A abordagem foi feita após os policiais identificarem atitudes suspeitas do indivíduo. “Ele estava portando uma pistola PT 57, a Sete Meia Cinco. O mesmo foi autuado por porte ilegal de arma. É uma arma de uso permitido, mas ele não tinha registro nem documento indicando que poderia estar portando a arma, como a pena não ultrapassa 4 anos foi arbitrada uma fiança, ele fez o pagamento da fiança e foi liberado, mas vai responder pelo crime”, detalhou o delegado Walison Damasceno, titular da Delegacia de Polícia Civil de Uruará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário