terça-feira, 29 de março de 2016

Foragido do presídio de Altamira (PA) é recapturado pela Polícia Civil de Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Foragido recapturado
A Polícia Civil do município de Uruará (PA) conseguiu recapturar na tarde desta terça-feira, 29 de março, o preso foragido do Presídio de Altamira (PA), Ricardo Dutra Lima. A prisão do foragido ocorreu numa casa da zona sul da cidade de Uruará onde o mesmo se escondia. Ricardo havia fugido do presídio no dia 17 de março de 2016 na companhia de outros 4 presos.
Na operação policial que recapturou o foragido também resultou na prisão do dono da casa, Gustavo Ferreira de Araújo, pelo crime de tráfico de droga após a polícia descobrir uma grande porção de maconha enterrada no quintal, a esposa do mesmo também foi conduzida para a Delegacia de Polícia e assim como o marido Gustavo responderá pelo crime de favorecimento pessoal, por abrigar foragido da justiça, contra a mulher será lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).
A operação foi realizada pela equipe de plantão da Polícia Civil de Uruará, EPC Ivan Santos, IPC José Tadeu, IPC Eládio Cruz e o DPC Walison Damasceno.
O preso foragido será recambiado para Centro de Recuperação de Altamira.
"Após recebermos informações de que haveria um foragido do presídio de Altamira aqui na cidade nós passamos a fazer levantamentos de informações e os investigadores confirmaram que o foragido estaria naquela casa, sendo que na residência nós já tínhamos levantamentos que ali poderia ser uma boca de fumo, hoje fomos com a equipe até ao local e lá encontramos o foragido, na residência havia um casal e após realizar revistas na residência encontramos enterrada uma grande porção de maconha. O dono da casa será autuado por tráfico de droga e o casal também irá responder por favorecimento pessoal por ter acobertado um foragido da justiça. A recaptura do foragido já foi comunicada a direção do presídio, vai ser comunicado o judiciário aqui e o mesmo será recambiado para Altamira", detalhou o Delegado Walison Damasceno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário