segunda-feira, 28 de março de 2016

Trabalhador de 37 anos é morto a facadas na zona rural do município de Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Informações Polícia Civil de Uruará
Assassinato de trabalhador rural é o 5º homicídio ocorrido no município de Uruará (PA) no ano de 2016

A violência fez mais uma vítima fatal no município de Uruará (PA). Um homicídio ocorrido no Travessão do Zero, a 7 km da faixa (Rodovia Transamazônica), na zona rural do município, a 50 km do centro da cidade, teve como vítima o trabalhador rural, Alexsandro Gomes Brandão, de 37 anos. A vítima residia no km 125 da Transamazônica, zona rural do município de Medicilândia (PA) e estava ha 15 dias trabalhando na região onde o crime ocorreu. o corpo de Alexandre foi encontrado por populares na manhã desta segunda-feira, 28 de março, próximo a estrada vicinal.
O assassinato do trabalhador rural foi o 5º homicídio do ano ocorrido no município.
Por volta das 8:30 h a Polícia Civil foi informada da existência de um cadáver encontrado na zona rural do município na localidade do Travessão do Zero, a equipe de plantão saiu em diligências até ao local, onde encontrou o corpo da vítima com ferimentos causados por arma branca do tipo faca.
Na coleta das primeiras informações realizada pelos investigadores, (IPC) José Tadeu e (IPC) Eládio Cruz, com apoio do Escrivão de Polícia Civil (EPC) Ivan Santos, constatou-se que a vítima estava bebendo com outros indivíduos em uma residência da referida vicinal. Por volta das 15h deste domingo, 27 de março, Alexandre teria ido embora da casa onde consumia bebida alcoólica, sendo que seu corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira, 28 de março, nas proximidades da residência onde ocorreu a bebedeira.
A autoria do crime está sendo apurado pela Polícia Civil, de acordo informou o delegado Walison Damasceno, titular da delegacia de Polícia Civil de Uruará, ainda de acordo com o delegado, um Inquérito Policial foi instaurado para apurar o homicídio e testemunha já estão sendo ouvidas na delegacia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário