Espaço Natura Joabe Reis

Espaço Natura Joabe Reis
Click na imagem e Compre Produtos Natura acessando o site http://rede.natura.net/espaco/joabereis produtos Natura, como perfumes, com até 60% de desconto em relação a revista.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Aulas estão paralisadas nas escolas do município de Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Com colaboração de Cirineu Santos
Servidores da educação não recebem salários há 3 meses e escolas paralisam atividades escolares no município de Uruará (PA)
Aulas estão paralisadas em todas as escolas públicas da rede de ensino municipal no município de Uruará. São escolas da zona urbana e da zona rural, o motivo seria a falta de pagamento de salários dos servidores da educação e a falta de condições de trabalho. Sem salários servidores estão com dificuldades para se alimentarem por não terem dinheiro. Com o não pagamento de salários de professores e demais servidores da educação, mais de 10.000 alunos acabam sendo prejudicados com a paralisação das escolas. A paralisação é por tempo indeterminado em escolas como Instituto Educacional Uruará (IEU), Melvin Jones e Ângelo Debiase, na zona urbana, José Bonifácio (KM 140), Tiradentes (km 201) e Transamazônica da Vila Bela Vista km 190, na zona rural. 
A paralisação foi confirmada pelo coordenador do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores de Educação Pública do Estado do Pará) local, professor Avanildo Moreira. "Foram paralisadas as atividades escolares nas Escolas IEU, Transamazônica, Prointer envolvendo 68 professores que atendem a zona rural, e José Bonifácio, assim como a escola Tiradentes. Nesse ano já entrou entorno de 9 milhões de reais do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) nos cofres da prefeitura e os salários dos servidores que em alguns casos não são pagos há 3 meses, desse valor pelo menos 60% deveria ter sido usado para pagamento de salários, sendo que 4 milhões e 320 mil reais seriam necessários para o pagamento dos salários de todos os servidores da educação incluindo o mês de abril, já que segundo a secretária de finanças da prefeitura, a folha de pagamento da educação municipal é de R$1.080.000,00", disse o coordenador. 
O Sintepp protocolou um mandado de segurança na justiça no dia 18 de abril a fim de garantir o pagamento dos salários. O documento solicita o recebimento, via justiça, do salário de março.
A retomada das atividades escolares nas escolas deve ocorrer assim que os salários forem pagos.
Pela manhã apenas professores de 6 escolas haviam paralisado suas atividades em sala de aula. No final da tarde desta quarta-feira, 27, o SINTEPP confirmou a paralisação de todas as escolas da rede Municipal de Ensino em Uruará. Com a confirmação mais de 10 mil alunos ficam sem estudar no município por falta de pagamento de salários dos educadores.
Até o momento a Secretaria de Educação Municipal não se manifestou sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário