sexta-feira, 20 de maio de 2016

Em sessão polêmica vereadores da situação garantem prefeito Banha no poder no município de Uruará

Por Joabe Reis
Mesmo com uma liminar deferida pela  justiça garantindo um mandado de segurança ao executivo municipal que suspendia os atos de uma comissão processante e consequentemente a sessão ordinária da Câmara Municipal de Uruará desta sexta-feira, 20 de maio, após horas de correria pelos corredores da Casa e reuniões em gabinetes de parlamentares, a presidência da Câmara decidiu seguir em frente e realizar a sessão. O relatório da comissão processante aberta desde o dia 19 de fevereiro de 2016, no parlamento municipal, pedia a cassação do mandato do prefeito Everton Vitória Moreira (o Banha) (SD)  pelo fato de o mesmo não ter repassado o dinheiro descontado dos salários dos servidores municipais para a Caixa Econômica Federal, com relação aos empréstimos consignados, isto em determinado período de sua gestão. 
Veja no Vídeo:
A votação foi nominal e o resultado apontou 7 votos a favor da cassação, 3 abstenções e 3 votos contra. Como eram necessários 2 terço de votos (9 votos) dos 13 vereadores para o relatório ser aprovado, o prefeito venceu na Câmara e segue no poder.

Houve forte esquema de segurança na Casa de Leis com 20 homens da tropa de choque da Polícia Militar de Altamira e mais 28 policiais militares do município. Uma multidão se acampou enfrente a Câmara desde o início da manhã na esperança de ver o prefeito cassado, mas acabaram frustrados e saindo revoltados com a decisão dos vereadores.

Vereadores não aprovam cassação e Banha continua no poder em Uruará (PA) Veja no Canal Clima Quente https://www.youtube.com/watch?v=NKQdr6boNjI E Inscreva-se no nosso canal no Youtube https://www.youtube.com/channel/UCrXXssgco8VURtRf_bw7-IA Desde já agradecemos a sua visita e a sua inscrição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário