Espaço Natura Joabe Reis

Espaço Natura Joabe Reis
Click na imagem e Compre Produtos Natura acessando o site http://rede.natura.net/espaco/joabereis produtos Natura, como perfumes, com até 60% de desconto em relação a revista.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Por unanimidade vereadores afastam prefeito de Uruará (PA) por 50 dias

Por Joabe Reis
Servidores públicos ocuparam a Câmara Municipal de Uruará e por unanimidade vereadores afastaram prefeito 
Servidores públicos municipais ocuparam na noite desta quarta-feira (9) a Câmara Municipal de Uruará, no sudoeste do Pará. Os manifestantes cobravam os salários atrasados e exigiam que os vereadores votassem a cassação do mandato do prefeito, Everton Vitória Moreira, o Banha. Os manifestantes mantiveram 9 dos 13 vereadores, acuados no plenário da casa de leis. Sem saída os vereadores realizaram uma Sessão Extraordinária e por unanimidade de votos aprovaram o afastamento do prefeito por 50 dias.
Os servidores públicos protestavam contra o retorno do prefeito Everton Banha que havia sido afastado pela justiça do município por 180 dias no final de outubro, mas foi reconduzido ao cargo pelo Tribunal de Justiça do Estado no último dia 7 de novembro, os manifestante também cobram os salários que estão atrasados há 4 meses.
Enquanto mais de 100 manifestantes estavam na Câmara Municipal, um grupo de cerca de 10 manifestantes pernoitou em frente do Fórum, e durante a manhã desta quinta-feira o número de manifestantes aumentou do lado de fora do Fórum na expectativa de receberem os seus salários.
Vereadores presentes na Sessão Extraordinária com pedido de afastamento do Prefeito: Gilmar Milanski, Gedeon, Zenilson Negão, Amauri Buxudo, Jachison, Paulo Medeiros, Macedo, Edson Boca Preta e Luiz Macedo.
A Sessão terminou por volta das 3 horas e 20 minutos desta quinta-feira, 10.
Após o Everton Vitória Moreira ser notificado do resultado da sessão extraordinária a vice-prefeita Maris deve assumir a prefeitura ainda nesta quinta-feira. 
Durante a manhã desta quinta-feira a justiça voltou a bloquear as verbas do Fundeb.
O bloqueio judicial de 100% dos valores relacionados as verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) pelo período de 60 dias foi requerido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (SINTEPP). Os trabalhadores da educação do município estão sem receber 4 meses de salários.
A juíza de direito, Caroline Slongo Assad, deferiu o pedido e as verbas foram bloqueadas.

Os recursos do Fundeb haviam sido bloqueados em agosto deste ano pelo mesmo motivo, mas haviam sido desbloqueados recentemente. 
Até o fechamento desta matéria os salários dos servidores ainda não haviam sido pagos.

Inscreva-se no nosso Canal Clima Quente no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCrXXssgco8VURtRf_bw7-IA Desde já agradecemos a sua visita e a sua inscrição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário