Espaço Natura Joabe Reis

Espaço Natura Joabe Reis
Click na imagem e Compre Produtos Natura acessando o site http://rede.natura.net/espaco/joabereis produtos Natura, como perfumes, com até 60% de desconto em relação a revista.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Assalto a clínica em Uruará: 2 assaltantes morrem, outro fica ferido e 3 são presos

Atualizado as 15:30 de terça-feira, 06 de dezembro de 2016
Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil de Uruará
Polícia Civil desbarata quadrilha que assaltou clínica médica em Uruará, dois morreram
Já são 6 pessoas apontadas pela polícia como envolvidas no assalto a Clinica Médica na cidade de Uruará (PA). 3 estão presas recolhidas na carceragem da delegacia de polícia civil, 1 indivíduo baleado foi transferido para o Hospital Regional Público da Transamazônica em Altamira, e 2 foram mortos em troca de tiros com a polícia.
A Operação Policial - A equipe de plantão da Polícia Civil (EPC Ivan Santos, IPC José Tadeu, IPC Alexandre, sob o comando do delegado Walison Damascenos) conseguiu capturar no início da madrugada desta terça-feira, 06 de dezembro, os criminosos que atuaram no assalto a Clínica Médica da zona oeste da cidade de Uruará (PA). O assalto ocorreu no final da manhã desta segunda-feira, 05 de dezembro, quando 4 homens armados e de cara limpa invadiram a Clínica e fizeram 15 pessoas de refém, entre funcionários, pacientes, pessoas que entravam no local e o médico dono da clínica. O assalto durou cerca de 1 hora e 30 minutos. 
Objetos e dinheiro recuperados pela polícia, e três armas
que estavam em poder dos assaltantes
A clínica e a casa do médico que fica ao lado foram reviradas. O médico foi torturado pelos bandidos que chegaram a mergulhar a cabeça do mesmo dentro de um balde com água.
Após ser informada do fato ocorrido a Polícia Civil agiu rápido e conseguiu chegar até aos assaltantes. Uma funcionária da clínica foi presa e dois assaltantes foram mortos em troca de tiros com a polícia, como informou o delegado Walison Damasceno. “Ontem ocorreu esse roubo na clínica do dr. Kamon quando uns indivíduos fizeram várias pessoas de reféns deixando elas amarradas e levaram alguns objetos de valores e dinheiro. Logo que as vítimas conseguiram se libertar compareceram aqui na delegacia, registraram o boletim de ocorrência e demos início as investigações. A equipe de investigadores conseguiram identificar a casa onde os indivíduos estavam escondidos, quando os policiais adentraram na residência foram recebidos a tiros e em virtude da injusta agressão revidaram e no final conseguiram prender 4 elementos, sendo que 3 estavam feridos e foram conduzidos ao hospital municipal e o outro foi conduzido aqui para a delegacia. Um dos feridos foi a óbito ao chegar no hospital e o outro foi a óbito na manhã desta terça-feira e o terceiro ferido na troca de tiro segue internado. Uma funcionária também foi presa na noite desta segunda-feira, sendo que as investigações concluíram que ela foi quem deu as informações sobre a residência. Ainda há suspeitas de haver outros participantes que estavam dando apoio, vamos continuar com as diligências. Parte dos objetos roubados foi recuperada. Identificamos que eles realizaram depósitos em dinheiro no dia de ontem mesmo”, asseverou o delegado.
Três armas que estavam em poder dos assaltantes foram apreendidas, entre elas uma pistola 9mm de uso restrito das forças de segurança.
Ainda sobre o assalto: Todas as pessoas que iam chegando à clínica eram conduzidas pelos assaltantes para dentro da residência do médico. Os assaltantes falavam o tempo todo por telefone com outra pessoa que perguntava onde estava o dinheiro. As vítimas foram amarradas com as mãos para trás.
Bruno Correa da Silva
um dos assaltantes morto no 
confronto com a polícia
Após uma hora e meia de terror os assaltantes saíram levando dinheiro e todos os objetos pequenos de valor que encontraram.
Os bandidos também haviam levado o HD com as filmagens das câmeras do sistema interno de segurança.
De acordo com o delegado Walison Damasceno a polícia tem conseguido prender os assaltantes de residências, como neste caso e em outros casos recentes ocorridos na cidade de Uruará.
Um dos assaltante foi identificado na manhã desta terça-feira, Bruno Correa da Silva, da cidade de Medicilândia, morto na troca de tiros com a polícia, havia saído de casa há dois dias dizendo para a esposa que iria trabalhar numa construção na cidade de Placas. A Polícia Civil divulgou agora a pouco, no início da tarde, a identidade de outros 4 envolvidos: Moadir Cavalcante Santos, que também foi morto na troca de tiros com a polícia, Luciano da Costa Duarte, Joyce Duarte de Oliveira, irmã de Luciano e que trabalhava na casa do médico, e Clenilson Sousa, o caseiro, estes três estão presos, e ainda não foi identificado o terceiro assaltante que participou diretamente do assalto, um moreno de estatura mediana aparentando ter entre 30 e 35 anos de idade, este foi transferido para o Hospital Regional Público da Transamazônica em Altamira. Ainda de Acordo com a polícia apenas os 3 baleados é que participaram diretamente do assalto, os demais deram apoio.
Várias vítimas já compareceram na delegacia onde pegaram de volta celulares e outros objetos que haviam sido roubados pela quadrilha e foram recuperados pela polícia.
Além dos objetos recuperados a polícia também recuperou cerca de R$ 10.000,00 em dinheiro.
As investigações continuam.

Parabéns pelo trabalho, Polícia Civil de Uruará!

Um comentário: