Oportunidade de trabalho e renda, vagas disponíveis

Oportunidade de trabalho e renda, vagas disponíveis
Quer ganhar um ótimo salário trabalhando de casa fazendo divulgação na internet? Cadastre-se agora clicando na imagem acima. Ganhei mais de R$ 2.500,00 por mês.

terça-feira, 9 de julho de 2019

Uruará: Caseiro é morto em fazenda de modo brutal

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil
Caseiro é encontrado morto em fazenda do km 201
Um homem que seria caseiro de uma fazenda situada no km 201, na margem norte da rodovia Transamazônica, zona rural do município de Uruará, sudoeste do Pará, foi encontrado morto nesta segunda-feira, 08 de julho. O corpo já estava em estado de decomposição e a morte pode ter ocorrido há cerca de dois dias. Uma espingarda calibre 20 foi apreendida no local. A princípio suspeita era de que se tratava de um suicídio, sendo que a arma foi encontrada entre as pernas da vítima que estava em posição sentada. Mas foi percebido a existência de uma perfuração no lado de trás da cabeça e após averiguação a polícia acredita que tenha havido um latrocínio, roubo seguido de morte. Segundo informações, a vítima, Gilvan Ribeiro Moraes, popular Maranhão, 45 anos, teria recebido uma quantia de 2 mil reais na sexta-feira, 05, e desde então a vizinhança não o tinha mais visto. O mesmo morava em local afastado.
O IPC Sérgio esteve no local do fato após a Polícia Civil ser informada através de denúncia via telefone informando sobre terem encontrado o corpo do caseiro. Em seguida agentes do IML de Altamira foram acionados e posteriormente removeram o corpo para realização de perícia, cuja deverá apontar as causas da morte.
A equipe de plantão da Polícia Civil (Escrivão AD HOC Idielson, EPC Leandro, IPC Sérgio e DPC Gabriel) instaurou inquérito para investigar o caso.
A polícia ainda não divulgou imagens do caso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie sua empresa ou seu negócio no nosso Blog

Anuncie sua empresa ou seu negócio no nosso Blog
Esse espaço é para você divulgar o seu produto e a sua empresa para os nossos leitores